Trailer | Info | Credits | Poster



PT - Ainda havia a esperança de encontrar algo vagamente parecido a memórias algures num pente de slides; nas cores desbotadas de cada fotografia ou mesmo no clic-clic da passagem de uma imagem para outra; no barulho de cada noite de um mês de Agosto igual a qualquer outro mês de Agosto, repleto de matrículas amarelas e roulottes de farturas. Ainda havia alguma esperança, mas as marcas e os traços, que se iam juntando para construir uma lembrança, rapidamente acabaram por emaranhar e diluir-se numa luz difusa e baça de estroboscópio que ia cortando o tempo em troços, em vez de desenhar uma linha, por mais sinuosa que fosse. Então a busca por uma linearidade que pudesse ser a linearidade de uma história, de uma ligação entre um passado e um presente, passou para o domínio do obsessivo, ao ponto de qualquer fio de linho ou qualquer traço contínuo no alcatrão duma Estrada Nacional poder significar a continuidade que a fotografia dos avós, pendurada na parede da cozinha (naquela parede de azulejos tão feios que apenas são bonitos porque sempre lá estiveram), teimava em negar.

EN - There was hope to find something that could have been mistaken for memories: Somewhere in a box of old slides; among the pale-washed colours of old photos; between two bottles of chilled beer in the heat of a summer night; or among all the uncountable Peugeots and Citroën with their yellow license plates. There was hope, indeed, but the traces that were gathered as to build a memory, soon entangled, became diffuse and were chopped to bits under the flashings of a stroboscope. That was when the quest for a linearity that could become the linearity of a story, of a link between a past and a present, shifted to the realm of the obsessive, so that every thread of linen, every line on the road got to signify a continuity that the old photo hanging on the kitchen wall, the photo of grandmother and grandfather, stubbornly kept on denying.